Dr. Jorge Huberman

  >  crianças   >  Vitamina D e vitamina B12: qual a sua importância?
A vitamina D é um hormônio produzido pelo organismo quando a pele é exposta ao sol

Vitamina D e vitamina B12: qual a sua importância?

As vitaminas são moléculas orgânicas, ou seja, conjuntos de átomos naturais, que são recebidas, processadas e absorvidas pelo nosso organismo principalmente através da alimentação. Existem várias vitaminas e entre elas estão as D e B12. Por isso, fique por dentro do tema; vitamina D e vitamina B12: qual a sua importância?

Algumas dessas vitaminas podem ser produzidas pelo nosso corpo em circunstâncias particulares, como é o caso da vitamina D.

Contudo, outras só podem ser obtidas por meio de ingestão, seja através de alimentos ou da suplementação, como a vitamina B12.

Essas substâncias são essenciais para a nossa vida e para o bom funcionamento do nosso organismo, principalmente para as crianças, pois atuam na realização de reações importantes para a manutenção do metabolismo, colaborando com a absorção de nutrientes.

O metabolismo é o conjunto de respostas que controlam os recursos materiais e energéticos e suprem as necessidades estruturais do corpo humano. Além de regulá-lo, as vitaminas ainda participam da produção de outros compostos importantíssimos, como os hormônios.

As vitaminas, quando ingeridas de maneira adequada, trazem vários benefícios ao corpo, aumentando a sua resistência a vírus e bactérias, colaborando para deixar todo o organismo infantil mais forte e saudável.

Uma alimentação sadia ajuda a garantir a disponibilidade da maioria das vitaminas, para que todas estejam com a quantidade adequada no organismo, incluindo a vitamina D e a vitamina B12.

Para o pediatra Jorge Huberman, sempre devemos monitorar os níveis de vitaminas no nosso organismo uma vez que tanto a falta quanto o excesso de vitaminas pode ser nocivo ao organismo. “Vitaminas consumidas em excesso podem provocar quadros de intoxicação. É que elas podem interferir em importantes processos do corpo humano, já que agem como cofatores de reações químicas, ou até mesmo diretamente no material genético de certos tecidos”, explica.

O pediatra Jorge Huberman ao lado de paciente: “Vitaminas consumidas em excesso podem provocar quadros de intoxicação”

O que é a vitamina D? Benefícios da vitamina D

Essa substância é um hormônio produzido pelo organismo quando a pele é exposta ao sol. Porém, quando foi descoberta, cientistas acreditavam que ela só poderia ser obtida através da alimentação.

Na década de 70, especialistas perceberam através de estudos, que a vitamina D era um hormônio e não uma vitamina. Mas, por conta de sua nomenclatura já estar consolidada, ela continua sendo chamada assim até hoje.

Entre as ações da vitamina D, está a absorção de cálcio e fósforo pelo intestino, o que colabora com o fortalecimento dos ossos e a prevenção de doenças como o raquitismo e a osteoporose, distúrbios que causam amolecimento e enfraquecimento ósseo.

A vitamina D também ajuda no funcionamento do cérebro e na precaução de infecções virais e bacterianas, inflamações intestinais, doenças autoimunes, que ocorrem pelo mau funcionamento do sistema imunológico, cardiovasculares, e neurodegenerativas, que afetam o sistema nervoso.

Lista de benefícios da vitamina D:

  • Fortalecimento dos ossos;
  • Proteção para o coração e outros músculos;
  • Sistema imunológico mais forte;
  • Controle do diabetes;
  • Gravidez mais segura;
  • Prevenção de doenças autoimunes e do câncer

O que é a vitamina B12?

Uma alimentação sadia ajuda a garantir a disponibilidade de todas as vitaminas para que todas estejam com a quantidade adequada no organismo
Uma alimentação sadia ajuda a garantir a disponibilidade de todas as vitaminas para que todas estejam com a quantidade adequada no organismo (Foto: Stock)

A vitamina B12 faz parte do complexo B, um conjunto de vitaminas que serve para regular o nível de energia no organismo, manter o sistema nervoso e digestivo saudável, assim com a pele, dos cabelos; prevenir a anemia e fortalecer o sistema imunológico.

Conhecida como cobalamina ou cianocobalamina, a vitamina B12 conta com o mineral cobalto e cianeto em sua composição. É formada por uma cadeia molecular muito grande e é a mais complexa de todas as vitaminas.

Considerada como sendo de fácil absorção pelo organismo, ela age como vitamina e como coenzima, ou seja, participa de uma série de reações do metabolismo catalisando, alterando a velocidade delas e facilitando-as, tornando-as muito mais ágeis.

Benefícios da vitamina B12

Uma das funções biológicas importantes da vitamina B12, é manter em dia, principalmente, a nossa saúde neurológica e cardiovascular, o que garante uma vida saudável e de qualidade.

A vitamina B12 atua diretamente na proteção das estruturas que são importantes para o funcionamento dos nossos neurônios, assim como várias vitaminas do complexo B. E também atua no sistema sanguíneo e cardiovascular.

Além disso, a vitamina B12 participa da transformação da glicose que é consumida por nós para obter energia. Por isso, a fadiga está entre os sintomas da falta dessa vitamina.

Benefícios da vitamina D

  • Formação das células vermelhas do sangue;
  • Desenvolvimento e manutenção do sistema nervoso central;
  • Preservação e reparação do DNA;
  • Absorção e ativação de outras vitaminas.

O que a falta da vitamina D e da vitamina B12 podem causar?

Falta de vitamina D

A falta de vitamina D interfere diretamente na absorção do cálcio e do fósforo, assim como na utilização desses minerais pelo organismo. Portanto, sua deficiência acaba prejudicando os ossos e os músculos.

Entre os sintomas da falta de vitamina D estão:

  1. Dor nos ossos;
  2. Retardo do crescimento infantil;
  3. Arqueamento das pernas nas crianças;
  4. Atraso no nascimento dos dentes;
  5. Cáries desde muito cedo;
  6. Fraqueza nos ossos;
  7. Dor nos músculos;
  8. Sensação de fadiga, fraqueza ou mal-estar;
  9. Espasmos musculares.

Falta de vitamina B12

Como está relacionada ao funcionamento pleno do sistema neurológico, nervoso e hormonal, a falta da vitamina B12 pode causar problemas relacionados a esses complexos.

Entre os sintomas da falta de vitamina B12 estão:

  1. A fadiga;
  2. Sensação constante de cansaço;
  3. Dificuldade para respirar;
  4. Anemia;
  5. Depressão;
  6. Problemas no sistema digestivo;
  7. Ossos fracos;
  8. Problemas de memória;
  9. Dificuldade de concentração.
Onde encontrar essas vitaminas? Vitamina D e vitamina B12: qual a sua importância?
A vitamina B12 não pode ser produzida pelo nosso organismo, portanto se alimentar com fontes dessa vitamina é essencial, se não a suplementação acaba sendo necessária
A vitamina B12 não pode ser produzida pelo nosso organismo, portanto se alimentar com fontes dessa vitamina é essencial, se não a suplementação acaba sendo necessária (Foto: Freepik)

Apesar de ser produzida pelo organismo quando a pele é exposta à luz solar, a vitamina D também pode ser encontrada em alguns peixes, leite e derivado. Portanto, além de tomar sol, a alimentação é uma forte aliada na manutenção dessa substância no organismo.

Entre os alimentos ricos em vitamina D estão:

  • Peixes como salmão, sardinha, truta, cavala e atum;
  • Leite, manteiga, queijos e gema de ovo;
  • Frango, peru, carne suína e bovina, principalmente no fígado;
  • Cogumelos e folhas como couve e espinafre;
  • E grãos como feijão, nozes e castanhas.

Já a vitamina B12 não pode ser produzida pelo nosso organismo. Sendo assim, alimentar-se com fontes dessa vitamina é essencial. Caso contrário, a suplementação acaba sendo necessária. Saiba que essa substância não é encontrada em alimentos de origem vegetal!

Entre os alimentos ricos em vitamina B12 estão:

  • Frutos do mar como caranguejo, ostra, marisco;
  • Peixes como arenque, atum, truta, salmão;
  • Carnes como coração e fígado de frango;
  • Carne bovina, principalmente fígado;
  • Leite e queijo.

É importante não fazer a suplementação sem acompanhamento médico. Se necessário, consulte seu pediatra de confiança.

Para marcar uma consulta com o pediatra e neonatologista Dr. Jorge Huberman, ligue para (11) 2384-9701.