Dr. Jorge Huberman

Veja cuidados para visitar um recém-nascido

O nascimento de um filho é sempre um momento de muita emoção e ansiedade para os pais! A família, em geral, também fica ansiosa para conhecer o mais novo membro do grupo! Mas, para isso, é necessário ter atenção. Portanto, separamos algumas dicas sobre quais são os cuidados para visitar um recém-nascido.

Nos primeiros meses de vida, o sistema imunológico da criança ainda está em processo de desenvolvimento. Por esse motivo, é muito provável que sejam infectados por vírus ou bactérias de outras pessoas.

Portanto, é essencial ter cuidado no momento de visitar os recém-nascidos. Afinal, o sistema imunológico ainda está em processo de desenvolvimento, o que os torna ainda mais vulnerável. Especialistas recomendam que para visitar um bebê, é necessário que ele tenha, no mínimo, dois meses de idade.

Um exemplo disso, é o contágio da coqueluche, uma doença grave respiratória, comum em crianças com poucos meses de vida. Conforme a Danone Nutricia, empresa de divisão de nutrição especializada, 45% dos casos são através da contaminação de familiares e pessoas próximas ao nenê.

Outro vírus comum é o herpes neonatal, causado pelos beijos de outras pessoas, no rosto do recém-nascido. Afinal, um indivíduo pode ser portador da doença sem saber. Isso porque, em alguns casos, a bactéria não se manifesta de maneira clara.

Em razão disso, é recomendado que os pais não tenham medo em pedir para que as visitas se afastem um pouco da presença do filho (se for o caso) e para que eles não economizem a higienização para as visitas.

Sabemos que é ótimo ter a casa cheia! Mas não ao ter um bebê dentro dela. O fato é que se há muitas pessoas em um ambiente fechado, aumenta a probabilidade do contágio de bactérias. Além disso, visitas em excesso inevitavelmente causam barulho e isso pode assustar o nenê.

Portanto, é essencial que haja o máximo de cuidado possível ao visitar um recém-nascido. Nesta idade, é importante ter a certeza de que a criança estará com a sua saúde em segurança.

O pediatra e neonatologista, Jorge Huberman, recomenda coisas para nunca esquecer ao visitar um recém-nascido: “Ligue e combine antes, sempre. Nada de visitas surpresas. Evite perfumes fortes. Se estiver doente, adie a visita. Não economize na higienização. Não peça para acordar o bebê. Não pegue, beije ou abrace a criança, caso os pais não queiram. E por fim, nada de palpites”, avalia o especialista.

O pediatra e neonatalogista, Dr.Jorge Huberman, em seu consultório, no Instituto Saúde Plena fala sobre visitar um recém-nascido
O pediatra e neonatalogista Jorge Huberman, em seu consultório, no Instituto Saúde Plena fala sobre visitar um recém-nascido (Foto: Kesher Conteúdo/Divulgação)

Dicas de cuidados para visitar um recém-nascido

Em primeiro lugar, é necessário deixar um aviso para todos os que desejarem visitar o bebê. Os convidados não devem ficar tanto tempo, seja na casa da família ou ainda no hospital. Cerca de 20 a 30 minutos já é o suficiente. Afinal, a mãe e o filho ainda estão se adaptando à nova rotina. Quanto mais tempo tiverem para descansar e se dedicar à criança, melhor!

É recomendável esperar que o recém-nascido já tenha recebido as principais vacinas. Mesmo se isso já tiver acontecido, não vá se estiver doente! Afinal, bebês são muito mais vulneráveis a contrair resfriados, gripes ou qualquer outro vírus contagioso.

Outra dica de cuidados para visitar a criança é não deixar de lavar as mãos! De preferência, leve consigo um frasco de álcool em gel para garantir que a saúde do recém-nascido esteja protegida.

Além disso, é importante evitar beijos no rosto ou tocar nas mãos do nenê. Tais regiões são mais propícias à contaminação de vírus e bactérias, pois, nesta idade, é comum que as crianças coloquem as mãos na boca, facilitando o contágio de doenças.

Outro conselho importante é evitar pedir para pegar a criança no colo. Faça isso apenas se a mãe oferecer ou autorizar. Essa também é uma maneira de evitar o contágio de bactérias, por conta da maior proximidade do rosto da visita com o do nenê.

É importante visitar um recém-nascido em pouco tempo para que ele descanse com os pais
É importante visitar um recém-nascido em pouco tempo para que ele descanse com os pais (Foto: Freepik)

Se o recém-nascido estiver dormindo, não peça para acordá-lo. Nos primeiros meses de vida, o sono é essencial para o desenvolvimento da criança. Fora tudo, os pais também ficam ansiosos por esse momento, para terem tempo de realizarem outras tarefas.

É importante lembrar que a amamentação é um dos momentos mais importantes da relação da mãe com o filho. Portanto, é necessário um ambiente tranquilo e respeitoso. Contudo, quando o bebê estiver se alimentando, opte por deixá-lo sozinho com os pais, para não haver distrações e dificuldades no processo.

As visitas também devem evitar presentes que acumulem poeira, como bichos de pelúcia, almofadas, cortinas ou, até mesmo, tapetes. Pois são um prato cheio para a proliferação de ácaros.

Se mesmo com estes cuidados seu filho apresentar alguma alergia respiratória ou qualquer outro problema de saúde, os pais não devem deixar de consultar o pediatra de confiança.

Cuidados para visitar um bebê no hospital

Para visitar um bebê no hospital, os cuidados não são muito diferentes dos que citamos anteriormente. No entanto, na maioria das vezes, os bebês e as mães recebem alta de 24h a 48h após o nascimento.

No entanto, em alguns casos, é preciso ficar mais tempo internado. Já em momentos assim, amigos e parentes que desejam visitar a mãe e o filho, precisam ainda mais de cautela.

Afinal, na maioria das vezes, o hospital permite apenas 30 minutos para visitas. Portanto, priorize a visitação ao pai, avós do bebê ou quaisquer outros familiares mais próximos.

É importante visitar um recém-nascido em pouco tempo para que ele descanse com os pais
É importante visitar um recém-nascido em pouco tempo para que ele descanse com os pais (Foto: Freepik)

Sabemos que a ansiedade para ver o recém-nascido e a mãe são grandes, mas opte em deixá-los repousando e sob cuidados dos médicos. Dessa forma, poderão retornar o mais rápido para casa e cheios de saúde!

Se você for da família ou realmente precisar visitar mãe e filho no hospital, aumente os cuidados. Afinal, se ainda estão no hospital, é porque filho ou a mãe precisam de maior atenção médica.

Para marcar uma consulta com o pediatra e neonatologista Dr. Jorge Huberman, ligue para (11) 2384-9701

Blog Jorge Huberman