Dr. Jorge Huberman

  >  bebês   >  Como organizar as fraldas do bebê?
Saiba como organizar as fraldas do seu bebê e facilitar a rotina

Como organizar as fraldas do bebê?

Desde a descoberta da gravidez, até o nascimento do bebê, são inúmeros os questionamentos, as preocupações e as inseguranças que passam na cabeça dos pais. Em meio a tanta novidade, questões importantes como organizar as fraldas do bebê podem passar despercebidas.

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que seu filho usará uma grande quantidade de fraldas desde o primeiro dia de vida. O número estimado é de 2.500 fraldas descartáveis por ano, mas esse valor varia de acordo com a altura e peso do bebê.

Para organizar bem as fraldas do seu filho, com o objetivo de não deixar faltar ou sobrar, você precisa ter uma noção de quantas unidades ele usará em determinadas fases da vida. Esse é um bom modo de se preparar e evitar possíveis acidentes no futuro.

Após o primeiro ano de vida, a quantidade tende a diminuir e, consequentemente, a organização acaba ficando mais fácil. Em caso de dúvidas em relação a quantidade de fraldas usadas pelo bebê, ou organização delas, consulte o pediatra. Ele vai te ajudar a garantir o melhor para o seu filho.

No entanto, de acordo com o pediatra e neonatologista Jorge Huberman, quando sobrarem fraldas existe uma forma de resolver isso. “A criação do site www.trocadefraldas.com.br totalmente interativo, onde as mães podem cadastrar suas fraldas que estão sobrando e trocá-las ou vende-las é uma boa solução. As mães anunciam sem custo as fraldas que desejam trocar ou vender e recebem ofertas de outras famílias”, explica.

O pediatra e neonatalogista, Dr.Jorge Huberman, em seu consultório, no Instituto Saúde Plena fala sobre as fraldas do bebê
O pediatra e neonatalogista, Dr.Jorge Huberman, em seu consultório, no Instituto Saúde Plena fala sobre as fraldas do bebê (Foto: Kesher Conteúdo/Divulgação)

Por que organizar as fraldas do bebê?

Tendo em vista a média de fraldas utilizadas pelos bebês em cada fase da vida, fica mais fácil se organizar para manter o estoque sempre pronto para as demandas do seu filho. Afinal, organização nunca é demais! E manter as fraldas arrumadas, deve ser prioridade na sua lista, já que é um item de necessidade diária.

Caso você ainda não saiba, vai o aviso: após a chegada do bebê, sua rotina vai virar de ponta cabeça! A partir daí, você vai ver que tudo o que é prático, é melhor. Manter as coisas ao alcance da mão, facilita o dia a dia e o deixa menos estressante. Isso vale para as fraldas também.

Imagine a cena: em meio a toda correria e agitação da rotina com a maternidade, chega a hora de trocar a fralda e você não sabe onde está o creme de assadura, as fraldas ou o lenço umedecido, por exemplo. Essa situação pode ser desesperadora. Então, o melhor a fazer é deixar o “kit fralda” sempre organizado e no mesmo lugar.

Sendo assim, o primeiro passo é escolher o local ideal para o trocador e, ao lado, deixar os utensílios necessários. Vale lembrar que o trocador é um móvel muito importante. Trocar o bebê na cama, toda vez, pode acabar fazendo mal para a sua coluna, já que você vai precisar se curvar.

Pensando nisso, já deixe anotado, vale a pena incluir esse móvel no quarto do seu filho. Além disso, é neste cômodo que você pode guardar os elementos necessários para a troca de fraldas. Fica mais fácil realizar esse movimento de cuidado do bebê, quando tudo está no lugar específico.

O pediatra pode te dar algumas dicas para limpar o seu filho da melhor forma. Lembre-se que ele é a principal pessoa para esclarecer todas as suas dúvidas e te ajudar sempre que preciso.

Como organizar as fraldas do bebê?

Deixe as fraldas próximas ao trocador para facilitar o momento de cuidado com o bebê
Deixe as fraldas próximas ao trocador para facilitar o momento de cuidado com o bebê (Foto: Freepik)

Entre as opções, você pode guardar as fraldas em caixas, estantes ou prateleiras. Há quem goste de usar as caixas organizadoras, onde cabem fraldas e os outros utensílios necessários para a higiene e saúde do bebê, como lenço umedecido e pomadas contra assadura.

Além de serem práticas, elas são um toque a mais na decoração e não ocupam muito espaço, já que podem ser colocadas em cima do trocador.

A primeira gaveta da cômoda também pode ser usada para guardar os utensílios necessários para a troca de fraldas. 

Caso prefira outras opções, as prateleiras são boas escolhas para uma organização simples e prática. Na hora do planejamento do quarto do bebê, coloque as prateleiras em cima do trocador, em uma altura que você consiga alcançar os objetos.

Organize as fraldas de modo que elas fiquem enfileiradas e coloque objetos mais pesados nos lados para que não caiam. Você pode guardar um estoque de fraldas na parte de baixo da cômoda. Assim que for usando as que estão na prateleira, reponha para que o acesso fique fácil.

Se prefere manter as fraldas num lugar que não seja visível, guardá-las embaixo da cama ou do berço do bebê é uma boa opção. Quando o assunto é economizar espaço no quarto do seu filho, essa é uma boa saída, mas lembre-se: a praticidade nessas horas é o melhor caminho, acredite!

Tipos de fraldas

Escolha a fralda que mais se adapta às necessidades do bebê e se precisar, consulte o pediatra
Escolha a fralda que mais se adapta às necessidades do bebê e se precisar, consulte o pediatra (Foto: Freepik)

O seu filho vai precisar trocar de fraldas várias vezes, isso é fato. Mas, além das fraldas comuns, que são descartadas excessivamente, muitos pais têm optado por fraldas de pano ou modelos reutilizáveis, que contribuem para o meio-ambiente, evitando grandes quantidades de lixo.

As fraldas de pano são famosas quando o assunto é ecologia. As versões modernas já assumem formatos mais parecidos com o da fralda descartável e apresentam um revestimento interno que pode ser facilmente trocado.

Mas as fraldas descartáveis ainda são muito recomendadas por pediatras. Os modelos geralmente têm um bolso absorvente, o que ajuda a segurar por mais tempo as necessidades básicas do bebê. Materiais como algodão, soft e dry fit são escolhidos para oferecer conforto, maior ventilação e evitar alergias e irritações na pele.

Para marcar uma consulta com o pediatra e neonatologista Dr. Jorge Huberman, ligue para (11) 2384-9701