Dr. Jorge Huberman

Férias escolares: como aproveitar esse período com as crianças

Ao mesmo tempo em que representam diversão e relaxamento para as crianças, as férias escolares podem ser sinônimo de desafio para os pais, que precisam encontrar maneiras de ocupar o tempo livre dos pequenos e fazer com que eles gastem toda a energia acumulada.

Não são todas as famílias que conseguem conciliar o recesso das crianças com as férias no trabalho, por isso, é fundamental que esse período conte com planejamento, para que seja o mais proveitoso possível.

Isso é importante porque as férias escolares são uma ótima oportunidade para a criação de memórias e o fortalecimento dos laços familiares.

Então, os pais devem se esforçar para reservar pelo menos algumas horas ao longo da semana de modo que consigam passar um tempo de qualidade com seus filhos.

As férias também podem ser o momento perfeito para se desconectar um pouco das telas, priorizando ao máximo as atividades ao ar livre e em família, ou na companhia de outras crianças.

Para as famílias que levam uma rotina muito corrida, o período de recesso pode ser aproveitado para manter a saúde das crianças em dia, levando-as para consultas com o pediatra e outros especialistas, como oftalmologistas e otorrinolaringologistas.

Além de verificar o estado geral de saúde, os profissionais podem diagnosticar possíveis problemas visuais ou auditivos, os quais tendem a comprometer o desempenho escolar caso não sejam devidamente tratados.

Por que as férias escolares são importantes?

As férias escolares não são apenas um período marcado por muitas brincadeiras, passeios e novas experiências, e oferecem diversos benefícios para o desenvolvimento das crianças.

Assim como os adultos, que podem ficar desgastados mentalmente após longos períodos de trabalho sem descanso, as crianças também precisam relaxar em meio à rotina de estudos.

Então, as férias escolares beneficiam a saúde mental, garantindo que os pequenos voltem renovados aos estudos.

Durante as férias escolares a família tem a oportunidade de estreitar os laços afetivos.

No playground de um condomínio, 5 crianças estão dentro de um brinquedo de escalar e sorriem
Crianças brincam no playground de um condomínio: as férias permitem a socialização com outras crianças, favorecendo o desenvolvimento socioemocional

Ao compartilhar momentos especiais e criar memórias, os pais contribuem para o bom desenvolvimento emocional de seus filhos, aumentando a identificação da criança com os adultos e incentivando que ela cresça com mais segurança e autoestima.

Mas o fortalecimento de laços não ocorre apenas com os pais ou com outros familiares, como tios e avós.

Nas férias, os pequenos têm a possibilidade de se conectar com outras crianças, incluindo colegas de escola e amigos do condomínio ou da pracinha perto de casa. Essa socialização também beneficia o desenvolvimento socioemocional.

Não deixe a rotina totalmente de lado durante as férias

Pediatra abraça uma criança vestida de Capitão América
Dr Jorge Huberman com o pequeno Antônio em seu consultório: pode ser interessante aproveitar as férias escolares para fazer o chek-up médico das crianças

Ainda que a família possa flexibilizar um pouco os horários e as atividades da criança, manter uma rotina mínima durante as férias escolares é essencial.

Isso diz respeito principalmente aos horários para dormir e acordar. Quando a família não estabelece limites nesse sentido, a criança pode sentir dificuldade para se levantar no horário determinado quando as aulas forem retomadas, impactando negativamente a concentração e o aprendizado.

Vale lembrar ainda que o sono possui grande importância no crescimento das crianças, e caso não durmam o suficiente elas podem desenvolver problemas relacionados a esse aspecto.

Nas férias escolares, a rotina de auxiliar nas tarefas domésticas também deve ser mantida, ainda que com menos atribuições, beneficiando o senso de responsabilidade da criança.

Por fim, deve-se ter atenção à rotina alimentar. É claro que haverá exceções durante o recesso, como um lanche no shopping, mas as refeições balanceadas e saudáveis devem prevalecer, garantindo que a criança receba todo o aporte nutricional de que necessita para se desenvolver adequadamente e ter disposição para aproveitar as férias.

Dicas do que fazer com a criançada para aproveitar as férias escolares

Em um parque, uma família com dois adultos e duas crianças fazem um piquenique
Família faz um piquenique no parque: passeios ao ar livre permitem o contato com a natureza e um tempo de qualidade longe das telas

Ocupar o tempo livre das crianças pode ser um desafio e tanto, mas até mesmo com poucos recursos é possível garantir a diversão dos pequenos.

Uma dica é sempre ficar de olho no site ou nas redes sociais da prefeitura da sua cidade, uma vez que nessa época costuma haver vários programas gratuitos disponíveis.

Para quem não sabe o que fazer nas férias, a recomendação do pediatra e neonatologista Jorge Huberman é visitar lugares como museus, planetário, biblioteca pública, pontos turísticos locais e até mesmo ir ao cinema ou ao teatro.

“Todas essas são sugestões interessantes para se divertir sem gastar tanto”, diz.

A diversão pode acontecer até mesmo dentro de casa: os pais podem fazer uma sessão de filmes, organizar uma oficina de artes com materiais recicláveis e outros itens acessíveis, como lápis de cor e tinta guache, e até mesmo montar um acampamento improvisado na sala.

Se o intuito for garantir que a criança desenvolva novas habilidades durante as férias escolares, levá-la para a cozinha pode ser uma boa ideia. Nesse caso, a supervisão de um adulto deve ser constante, evitando que a criança tenha contato com utensílios cortantes ou com o fogo.

Outra opção caseira de entretenimento é montar uma hortinha, permitindo que a criança aprenda a respeitar o meio ambiente.

Quando houver mais tempo disponível, a dica é programar um passeio ao ar livre, já que os pequenos têm menos contato com a natureza atualmente. Seja com um piquenique ou uma tarde na praia, as crianças terão a oportunidade de relaxar longe das telas.

Para marcar uma consulta com o Dr Jorge Huberman, ligue para (11) 2384-9701.

Blog Jorge Huberman