Dr. Jorge Huberman

8 brincadeiras para comemorar o Dia das Crianças

No dia 12 de outubro é celebrado o Dia das Crianças no Brasil. Essa data foi estabelecida na década de 1950, quando foi aprovada a “Declaração dos Direitos das Crianças” pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). E nada melhor do que aproveitar este momento com atividades divertidas, não é mesmo? Por isso, separamos 8 brincadeiras para comemorar o Dia das Crianças com o seu filho.

Brincar é sinônimo de diversão! E a criança deve desfrutar disso desde o nascimento, pelos diversos benefícios que a atividade pode trazer a elas, como, por exemplo, estimular o conhecimento físico do próprio corpo, incluindo força, elasticidade e coordenação motora.

Um ambiente brincante também favorece a saúde mental, estimula a criatividade, o raciocínio lógico e um melhor compreendimento de situações cotidianas, que podem ser desenvolvidos em algumas brincadeiras, como as “profissões de mentirinha”, por exemplo. E se brincar sozinho já é bom, imagina com a família!

“Quando os pais brincam com os filhos, ajudam no desenvolvimento deles como pessoas, além de estreitar as relações em família. É ali que eles veem que podem confiar nesse adulto”, ressalta Maria Carneiro, pedagoga e coordenadora do Núcleo de Cultura e Pesquisas do Brincar da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) à Natura.

“Os pais que brincam com seus filhos certamente são mais felizes, pois revivem a infância, propiciando uma sensação muito especial. É uma oportunidade, também, para esquecer um pouco do mundo lá fora e se divertir com os filhos”, ressalta a psicóloga Mayara Techio, de Lucas do Rio Verde ao Portal da Cidade de Rio Verde.

Brincadeiras ao ar livre para o Dia das Crianças

De acordo com pesquisa realizada pela marca OMO, 84% das crianças brasileiras brincam em lugares abertos no período de apenas duas horas em um dia. E 6% delas nunca aproveitaram o ar livre em um período maior.

Muitos pais que participaram do estudo, acreditam que os filhos brincam menos do que eles na infância. Diante disso, torna-se cada vez mais necessário levar as crianças para brincar fora de casa.

Portanto, a primeira sugestão de coisas para fazer ao ar livre é a famosa amarelinha! Também conhecida como sapata, macaca, academia, jogo da pedrinha e pula-macaco em algumas regiões. A atividade já alcançou diversas gerações, mas nunca perde a graça!

Ela se constitui em um caminho desenhado por “casas numeradas” de 1 a 9 que deve ser percorrido seguindo algumas regras preestabelecidas: a criança deve jogar uma pedra em uma dessas divisórias e deve pular com uma perna só todo o trajeto sem pisar no local onde foi marcado.

Saiba a importância de brincar ao ar livre no Dia das Crianças
Saiba a importância de brincar ao ar livre no Dia das Crianças (Foto: Freepik)

Em seguida, o jogador deve pegar a pedra, ainda com um pé só, enquanto estiver voltando para o quadrado de origem. É válido lembrar que o destino, após a casa nove, deverá ser nomeado como o “Céu”.

Outra brincadeira que não pode deixar de fazer parte dessa lista é o “Esconde-esconde” ou “Pique-esconde”. Nesta atividade é possível envolver pessoas de todas as idades! Para brincar, um participante é escolhido para encontrar os outros participantes e conta até 30 com os olhos fechados.

Ao encerrar a contagem, corre para procurar pelos outros integrantes. O primeiro participante encontrado antes de conseguir retornar ao local marcado pelo grupo, perde a partida. E é essa mesma pessoa, quem vai realizar a procura na próxima rodada.

Parecida com essa, a tradicional “Pega-pega” é uma brincadeira superdivertida! Todos os integrantes do grupo correm enquanto um fica responsável por ir atrás daqueles que fugiram. Quem for pego deve ir atrás dos demais também. Mas, atenção: é preciso cuidado para não se machucar!

E para aproveitar o clima tropical do mês de outubro, a divertida “Guerra de água” não pode ser deixada de lado! Basta encher bexigas d’água para jogar uns nos outros. Mas também podem ser usados borrifadores para deixar o momento mais emocionante.

Brincadeiras para se divertir em casa

Se o Dia das Crianças estiver chuvoso ou frio, não se preocupe! Em situações assim, ainda existem opções para brincar dentro de casa. Mesmo com o espaço limitado, existem diversas atividades que podem ser aproveitadas em um ambiente fechado.

Uma delas é a prática de pinturas. Basta apenas um pincel, papel, tintas e muita criatividade! Esse momento é perfeito para que as crianças desenvolvam a habilidade para desenhar.

Outra brincadeira perfeita para desenvolver o raciocínio lógico e a memória dos filhos é o clássico “Stop!”, também conhecido como “Adedonha” ou “Adedanha”. Para isso, também será necessária uma folha de papel em branco e lápis ou caneta.

Os participantes escolhem temas que serão divididos em tabelas. Em seguida, o grupo sorteia uma letra que será a inicial das palavras escolhidas pelo jogador para cada tema.

Contudo, ganha quem terminar de preencher todas as lacunas primeiro. Mas é válido lembrar que, para participar, é necessário que a criança saiba ler e escrever.

Pintar também pode ser uma atividade para fazer no Dia das Crianças
Pintar também pode ser uma atividade para fazer no Dia das Crianças (Foto: Freepik)

Dia das Crianças: uma data para os pequenos ganharem presentes!

É claro que não podemos esquecer que o Dia das Crianças, também é uma data para ganhar presentes! Afinal, este ato pode ajudar a melhorar a conexão entre pais e filhos e fazer com que se sintam valorizados, pois, ao menos neste dia, elas se tornam as pessoas mais importantes da família e da sociedade.

Mas que tal presenteá-los de um jeito emocionante? Uma ótima ideia é desafiá-los ao “Caça ao Tesouro”! O objetivo do jogo, é encontrar uma recompensa por meio de enigmas e pistas que serão resolvidos pelos participantes. Os mistérios indicados irão revelar dicas para chegar mais próximo do prêmio. O plano é perfeito para deixar qualquer um mais feliz!

Apesar de tudo, caso sinta que a criança está insegura, possui dificuldades para se socializar com os colegas ou que não demonstre interesse em brincar, procure um médico pediatra para entender como ajudá-lo. Afinal, brincar não é apenas se divertir, mas sim um melhor desenvolvimento da saúde física e emocional da criança.

O pediatra e neonatologista, Dr.Jorge Huberman, fala sobre o Dia das Crianças
O pediatra e neonatologista, Dr.Jorge Huberman, fala sobre o Dia das Crianças (Foto: Kesher Conteúdo/Divulgação)

O pediatra e neonatologista, Jorge Huberman, deixa um recado: “Não há alegria igual e tão genuína como aquela que mora no olhar dos pequenos. Eles são felizes sem saberem, sem preocupações e seus únicos medos são o escuro e as feras dos desenhos. Pena que todos crescemos e tudo isso desaparece com o tempo. Ser criança é ter certeza que viver vale muito a pena!

Para marcar uma consulta com o pediatra e neonatologista Dr. Jorge Huberman, ligue para (11) 2384-9701

Blog Jorge Huberman