c

Dr. Jorge Huberman

  >  bebês   >  Cuidado com os dentes evita desconforto
cuidados com os dentes

Cuidado com os dentes evita desconforto

Cuidado com os dentes evita desconforto. Os dentinhos dos bebês começam a nascer entre o 4° e o 7° mês, ou seja, nos primeiros meses de vida da criança. Os primeiros dentes do bebê que costumam surgir são os inferiores frontais, também conhecidos como incisivos centrais.

Na sequência, entre 4 a 8 semanas, há o nascimento dos dentes superiores, incisivos centrais e laterais. E, após mais um mês, começam a nascer os dois incisivos inferiores.

Mas, se o seu bebê não apresentar nenhum dentinho mesmo após o término do sétimo mês, não se preocupe! Isso muitas vezes se deve à hereditariedade, e não significa que há alguma coisa errada com ele. Até porque os primeiros dentes começam a brotar até os 12 meses de idade.

A dentição é um processo natural do desenvolvimento dos nenês e que dura de 6 meses a 3 anos.

Algumas vezes pode causar irritabilidade no bebê, choro, febre (não mais do que 38°C), baba excessiva e vontade de morder alguma coisa mais dura. Muito frequentemente, as gengivas ao redor do novo dente ficam inchadas e mais sensíveis.

Um fator de risco é algo que pode aumentar sua chance de contrair uma doença, entretanto não existem fatores de risco para a dentição, pois é uma condição natural para todas as crianças cujos primeiros dentes estão ainda nascendo em sua boca.

Para tentar amenizar o seu desconforto, na dentição do bebê, tente esfregar ou massagear delicadamente as gengivas dele com o seu dedo indicador (lave bem as suas mãos antes de fazer isso). Isso certamente vai aliviar a sua dor e incômodo.

Dentição é um processo natural do desenvolvimento dos nenês

A dentição é um processo natural do desenvolvimento dos nenês e que dura de 6 meses a 3 anos. Caso o nenê esteja sofrendo muito, é possível usar géis anestésicos próprios para ele. Se não quiser comprar o gel, uma massagem na gengiva vai gerar um alívio intenso na dor que a criança pode estar sentindo. O recomendável é envolver o seu dedo em uma gaze embebida em soro fisiológico, de preferência gelado. Sem dúvida, isso pode potencializar o alívio da dor e a criança deve ficar bem mais tranquila e confortável.

Os pais têm papel muito importante: devem escovar os dentes dos pequenos com todo o cuidado, pensando principalmente nos primeiros dentinhos dos seus filhos.

A saúde bucal de uma criança é algo que tem que estar em dia, mesmo que ela tenha 12 meses ou 6 anos de idade. Ir ao dentista com os filhos é uma obrigação que os pais têm que ter sempre, desde pequenos! Sem dúvida alguma, uma boa higiene bucal evita idas frequentes ao dentista.

Do mesmo modo, a escovação do nenê é algo que deve merecer toda a atenção dos pais mesmo que ele ainda esteja só na base do leite ou de alimentos líquidos ou pastosos. A higiene da boca deve ser feita desde os primeiros dias de vida.

Quando o nenê começar a comer de fato, deverá ser realizada uma escovação suave, usando uma dedeira de silicone.

Os dentinhos do bebê devem ser limpos diariamente. Escove-os com escova tipo dedeira com cerdas bem macias e pasta de dente especiais para bebês. Ou, então, simplesmente use uma gaze enrolada em seu dedo. A escovação do nenê deve ser feita ao menos uma vez ao dia.

Mordedores são bons para se usar quando o bebê sente incômodo

Mordedores também são bons para serem usados quando o bebê começa a sentir algum incômodo. Mas eles podem estar entre os produtos de apoio contra a dor, deste que sejam feitos com uma borracha firme (aqueles que são feitos para serem colocados em geladeira também são aconselháveis, pois ficam gelados e aliviam a sensação de desconforto do bebê. Eles devem estar sempre com a higienização em dia já que a temperatura mais baixa ajuda a anestesiar e aliviar a dor).

Se o bebê tiver febre superior a 38°C, ou estiver parecendo sentir muita dor, consulte o pediatra, pois pode ser que tenha algum outro problema de saúde não relacionado à dentição.

Muitos nenês não sentem nenhum problema ou nenhuma dor. Quando os sintomas aparecem, eles normalmente ocorrem por diversos dias, podendo ser antes ou depois da erupção dos dentes. Entre os sintomas estão, a baba do bebê, irritabilidade, muita vontade de sugar objetos, falta de apetite, principalmente quando tem que ingerir alimentos sólidos, além de um ligeiro aumento de temperatura.

Comportamento irritadiço, febre baixa e fezes mais amolecidas normalmente são claros sinais de que os primeiros dentinhos da criança estão para nascer.

Nesse período, os bebês têm a necessidade de morder mais, para ajudar a rasgar a gengiva. Do mesmo modo, a coceira constante faz com que os nenês tenham vontade de ficar sempre mordendo algo.

Caso o nenê esteja sofrendo muito com a dor, é possível usar géis anestésicos próprios para o bebê.

Outro ponto que causa dúvidas: fio dental. Ele não está relacionado à idade da criança. A introdução do fio dental deve ser feita a partir do contato entre dois dentes vizinhos, isto é, quando existirem dois dentes unidos. Geralmente, os dentes molares, no fundo da boca, são os dentes que mais costumam ter este contato próximo.