Dr. Jorge Huberman

  >  crianças   >  Como lavar as mãos para proteção do coronavírus?
combate ao coronavirus

Como lavar as mãos para proteção do coronavírus?

Com a nova pandemia se espalhando pelo mundo e pelo Brasil, uma das questões mais frequentes que encontramos é: como lavar as mãos para proteção do coronavírus?

Tudo o que você precisa saber sobre como lavar as mãos para se proteger contra o coronavírus está aqui! 

Em primeiro lugar, é importante que se saiba: viroses respiratórias como é o que acontece com o novo coronavírus (ou Covid-19) se espalham quando muco ou gotículas (tosse ou espirro) que contêm o vírus entram em seu corpo através de certas partes dele: olhos, nariz ou garganta.

No entanto, na grande maioria das vezes, isso acontece, simplesmente, por meio das suas mãos!

As mesmas são, lamentavelmente, um dos meios mais comuns pelos quais o vírus se transmite entre as pessoas.  

Durante uma pandemia global, como a do coronavírus, que estamos vivendo, uma das maneiras mais baratas, mais fáceis e importantes de impedir a propagação de um vírus é lavar as mãos, sempre com água e sabão.  

Aqui, surge a primeira dúvida: como lavo minhas mãos corretamente?

Para acabar com todos os resíduos do vírus em suas mãos, somente uma ensaboada e uma enxaguada rápidas não serão eficazes.

Veja como deve ser feito com as devidas orientações sobre higiene!

Primeiro: molhe as mãos e os pulsos com água corrente. Aplique sabão na quantidade suficiente para cobrir as mãos e deixar os pulsos molhados.  

Esfregue todas as superfícies, incluindo as costas das mãos, entre os dedos e as unhas, e punhos por, ao, menos 20 segundos.  

Na sequência, enxágue abundantemente, usando água corrente.  

E, finalmente, seque as mãos com um pano limpo ou então toalha de uso individual ou descartável.  

Por quanto tempo devo lavar minhas mãos?  

Elas devem ser lavadas por, ao menos, 20 ou 30 segundos!

Há um jeito fácil de se marcar o tempo: cantando “Parabéns para você”, duas vezes. A mesma regra é válida para o álcool em gel.

Utilize um desinfetante para as mãos que tenha ao menos 70% de álcool e esfregue-o nas mãos por ao menos 20 segundos. Isso vai garantir a cobertura total.  

Quando devo lavar as minhas mãos?  

No contexto da prevenção do Covid-19, é preciso lavar as mãos nestas situações. Depois de assoar o nariz, de tossir ou de espirrar. 

Após visitar um espaço público, incluindo transporte público (ônibus, metrô, trem), mercados e locais de culto religioso.  

Normalmente, esses locais têm uma certa concentração de pessoas.

Depois de tocar em superfícies fora de casa, incluindo dinheiro. Antes e depois de comer.  

Após tocar em animais de estimação. 

Antes, durante e depois de cuidar de uma pessoa doente (aqui também se recomenda, eventualmente, o uso de máscara. A Organização Mundial de Saúde, porém, não o recomenda se você estiver saudável. Para tirar a dúvida consultar um pediatra ou algum outro médico por ser uma boa saída).

Depois de usar o banheiro e de manusear o lixo.

Antes e depois de trocar as fraldas dos bebês ou quando for ajudar uma criança a usar o banheiro.

Ou ainda, claro, quando suas mãos estiverem sujas. 

Combate ao coronavírus: lavar as mãos devidamente é um dos principais passos contra a doença

Como ensino meus filhos a lavarem as mãos?

Cabe aos pais facilitar ao máximo a lavagem, com frequência, das mãos dos seus filhos. Por exemplo: eles podem fornecer um banquinho para que a criança alcance a água e o sabão sozinha, sem ajuda!

Isso vai criar nelas o hábito para que façam isso naturalmente!

Podemos pensar em transformar estes momentos em alguns minutos de lazer, de forma divertida para as crianças, cantando as músicas favoritas delas enquanto ensinamos e ajudamos a esfregar as mãos.  

Existem músicas divertidas sobre lavagem de mãos que você pode ensinar aos seus filhos nestes momentos.

Preciso usar água morna para lavar as mãos? É necessário secá-las?

Não, você pode usar qualquer temperatura da água para lavar as mãos. Água fria e água morna são igualmente eficazes para matar germes e vírus. Mas, lembre-se: tem que usar sempre sabão!

Os germes se espalham com maior facilidade na pele úmida do que na pele seca.

Sendo assim, secar suas mãos totalmente é um passo muito importante, sem dúvida alguma!

Sobre toalhas de papel ou panos limpos, o recomendável é ter um pano ou toalha para cada pessoa da casa. Isso é o modo mais eficaz de remover germes sem que eles sejam espalhados para outras superfícies da casa.

O que é melhor: lavar as mãos ou usar álcool em gel?

No geral, a lavagem das mãos com sabão e água e o álcool em gel, quando usados de modo adequado são bastante eficazes para eliminar a maioria dos germes. O álcool em gel, normalmente, é mais eficaz quando você está fora de casa.

Contudo, ele pode ser mais caro ou mais difícil de encontrar em situações de emergência.

Além disso, o álcool em gel mata o coronavírus, mas não elimina todos os tipos de bactérias e vírus. Por exemplo, é de certo modo ineficaz contra o norovírus e o rotavírus.

Como posso ajudar a impedir o desenvolvimento do coronavírus?

Adote os procedimentos recomendados ao tossir ou espirrar: cubra a boca e o nariz com a parte interna do cotovelo flexionado ou então com um lenço de papel ao tossir ou espirrar.

Descarte de forma imediata o lenço de papel usado. Lave as mãos!

Evite tocar o seu rosto, principalmente boca, nariz e olhos.

Nesta época de pandemia, não tem jeito. O “distanciamento social” é um dos melhores remédios. Evite ao máximo aperto de mãos, abraçar ou beijar as pessoas, compartilhar comida, utensílios, garfos, colheres, copos, xícaras e toalhas.

Evite ao máximo contato próximo com qualquer pessoa com sintomas de resfriado ou mesmo gripe. Busque atendimento médico caso você ou seu filho apresentar agravamento dos sintomas, como, por exemplo, febre alta, tosse ou dificuldade de respirar.

Limpe as superfícies que possam ter entrado em contato com o vírus (celulares, telefones fixos, teclados, maçanetas, corrimões) e, de maneira geral, limpe as superfícies com maior frequência (especialmente em espaços públicos).

Aqui você encontra maiores informações do Unicef sobre o Covid-19.

Do mesmo modo, o Ministério da Saúde do Brasil também disponibilizou um aplicativo sobre o coronavírus.