Dr. Jorge Huberman

  >  bebês   >  Como dar banho no bebê no chuveiro?
Bebê tomando banho em uma pequena banheira

Como dar banho no bebê no chuveiro?

Um dos nossos maiores sonhos é ter filhos. Após ter a felicidade de concretizar este desejo, o recém-nascido vem ao mundo. Tudo lindo e maravilhoso! O tempo passa, o nenê vai crescendo e aparece a dúvida: como dar banho no bebê no chuveiro?

Se, na banheirinha, já é um desafio para os pais, imagina então quando o banho é feito no chuveiro!

Você pode até não ter mais a preocupação do seu bebê escapar dos seus braços porque ele já está mais firme.

Porém, o chuveiro pode exigir ainda mais cuidado.

Uma das soluções que os pais utilizam é tomar banho junto com o bebê, mas a ideia pode ser um pouco mais complicada do que parece.

Na hora de sair do banho é necessário ajuda. Enxugar o nenê e a si mesmo, ao mesmo tempo, é complicado e ele não pode receber friagem.  

O banho de chuveiro requer pensar na fase de adaptação. É algo novo para o pequeno e pode ser temível no começo.

Pode acontecer que ele não aprecie o novo “formato” do banho.

Contudo, há alguns detalhes que podem te auxiliar nessa difícil transição. 

Não é nada fácil para o nenê abrir mão de seu conforto, sua banheira é o local onde ele aprendeu a tomar banho. Para nós, adultos, parece simples.

Contudo, para a criança, essa mudança é grande.

Ela não poderá mais ficar sentada brincando enquanto você a lava já que estará em um piso diferente e até escorregadio.  

“Nos banhos de banheira do bebê, se possível, jogue água nele ou use um chuveirinho, para ele se habituar ao jato de água”, ensina o pediatra Jorge Huberman.

“Assim é mais fácil a transição da banheira para o chuveiro”, explica o Dr. Jorge, neonatologista do Instituto Saúde Plena.

O pediatra Jorge Huberman atende paciente em seu consultório, em Moema: nos banhos de banheira do bebê, jogue água nele ou use um chuveirinho, para ele se habituar ao jato de água

Brincar é a parte preferida do bebê no banho

Participar de brincadeiras é a parte preferida do seu filho no banho. Quando ele for tomar banho, isso não vai mudar. Os pais precisam esperar que ele fique firme para fazer esta transição e, nesse momento, terá uma criança ativa em pé, mas no chão escorregadio.

As chances de ele deslizar e, com isso, virar até uma brincadeira é grande e têm seus riscos, já que ele pode cair e se machucar. Com certeza, a brincadeira perderá toda a graça. 

Do mesmo modo, evitar correntes de ar é absolutamente recomendável. 

O nenê pode tomar banho no chuveiro com os pais?  

Sim! O bebê pode tomar banho com os pais pois isso ajuda bastante na sua formação imunológica, além de fortalecer os vínculos afetivos da família. 

Este costume traz vantagens à saúde do bebê e também, claro, para o vínculo afetivo da própria família.

Além disso, esse momento de um banho único entre mãe ou pai e o bebê ajuda na formação imunológica do pequeno pois ele fica em contato com as bactérias do corpo dos pais.

Desde que os pais estejam com boa saúde, sem gripe ou alguma outra doença infectocontagiosa, a prática está liberada.  

Assim sendo, o banho com os pais, em seus primeiros meses de vida, não tem qualquer problema. Pelo contrário: amplia o vínculo afetivo.

Porém, alguns cuidados de higiene são necessários. O ideal é que os pais tomem banho primeiro, e só depois será a vez do bebê.

Da mesma forma, não é necessário usar muitos produtos durante o banho no nenê, e nem permitir uma ducha muito forte.

Na verdade, quanto menos sabonete passar, melhor será para a pele dele. Esta prática não produz nenhum tipo de risco, e é excelente para o contato físico com a pele da mãe, já que estimula o apego afetivo.

Bebês bem pequenos ainda são muito frágeis e não apresentam estabilidade térmica adequada.

Deste modo, é importante que os pais aguardem até os três meses de idade para iniciar o banho de chuveiro do nenê.

Antes disso, o bebê não terá ainda uma estabilidade térmica adequada e tudo o que é externo pode assustar.

Depois dessa idade, as crianças ficam mais atentas, interagem mais com os pais, porque as experiências externas passam a agradar as crianças, e o banho pode ser melhor aproveitado por elas. 

Após os 3 meses de idade, brincar com a água pode ser mais prazeroso.

Antes do banho de chuveiro com seu bebê, lembre-se de tomar algumas precauções.  

Banho morno, rápido e com pouco sabão

Bebê tomando banho na banheira: prefira a água morna, use pouco sabão e nunca utilize buchas no bebê!

O banho tem que ser morno, rápido e com pouco sabão. Cuide para que a temperatura seja morna e que não ultrapasse 10 minutos.

Os pais podem usar sabonete, óleo ou qualquer outro produto de limpeza da pele, mas devem se lembrar: quanto menos produtos utilizarem, melhor será para o bebê. E, atenção: nem pense em usar bucha!

A pele do bebê é bastante sensível, e somente água corrente é suficiente para a limpeza adequada.

Mantenha a temperatura da água do banheiro de modo certo e deixe todas as roupas, fraldas, toalhas que o bebê irá usar à disposição, logo após o banho.

Deste jeito, ele não sofrerá choque térmico na troca de ambientes.