Dr. Jorge Huberman

  >  bebês   >  Benefícios do sling para bebês
Mãe carrega seu filho usando o sling: saiba de todas as vantagens que ele traz!

Benefícios do sling para bebês

Uma cena muito comum do nosso dia a dia: mamães carregando seus filhos recém-nascidos em slings. Mas você já se questionou sobre quais são os benefícios do sling para bebês?

Em primeiro lugar, um pensamento logo vem à mente: as mães transportando seus nenês usando slings, que é um acessório prático tanto para a mãe quanto também para o seu bebê.

Os famosos carregadores de pano feitos em tecidos, permitem deixar a criança bem confortável e oferecem vários benefícios para ela.

Além disso, podem ser utilizados em diversas posições, segundo a faixa etária de cada criança.

Os braços da mãe do bebê ficam livres e é possível fazer outras atividades enquanto dá colo para o seu filho.

Contudo, há que se conferir a sua segurança e evitar realizar ações consideradas como perigosas tais como andar de carro, já que os bebês devem sempre estar presos na cadeirinha de segurança ou até mesmo cozinhar com eles no sling, já que não é nada recomendável deixar a criança próxima a situações de perigo como fogo, facas ou água fervente por conta de acidentes com queimaduras.

O segundo motivo de ter um sling é que conforme você anda, o calor, o aconchego, a proximidade da mãe e das batidas do coração dela, fazem muito bem ao bebê, que se sente confortável e se acalma.

Outro: ele pode ser utilizado desde o seu nascimento até crescer um pouco.

Quarto motivo: o peso do bebê, usando o sling é distribuído de forma mais equilibrada pelo corpo da mãe, evitando que sua coluna entorte e também não deixa aquela desagradável sensação de dormência no braço.

Além disso, a coluna do bebê também pode ficar em uma posição que é recomendada, fora que não prejudica o seu desenvolvimento.

Sling traz inúmeros benefícios: faz os pais desviarem de ruas esburacadas

Bebê é carregado por sua mãe usando um sling: uso do equipamento assegura que os pais desviem de ruas esburacadas
Bebê é carregado por sua mãe usando um sling: uso do equipamento assegura que os pais desviem de ruas esburacadas

Mais um benefício do sling para bebês é que a mãe ou o pai não precisam se preocupar em conduzir o carrinho por diversas ruas esburacadas, com guias não adaptadas.

Além de ser bem mais perigoso para a criança, já que ela pode cair do carrinho ou o mesmo pode virar. No entanto, com o uso do sling, o bebê fica bastante seguro.

Como a mãe, o papai também pode utilizar o sling para transportar o filho, pois ele é unissex e a criança ainda vai se sentir mais protegida do que nunca no colo do seu pai.

Sétimo benefício: o bebê é acomodado em uma posição bem segura, próximo da mãe ou do pai, ao alcance da sua visão. Se a criança tiver qualquer desconforto ou ocorrer algum problema, você irá perceber logo e rapidamente vai resolver a situação.

Oitavo: Bebê de colo deve ficar no colo! Como o sling é um objeto facilitador para a mãe carregar os filhos pequenos sem ter que usar os braços, ele é muito prático.

Bebês acomodados no sling choram menos e, da mesma forma, são menos agitados.

Trata-se de uma sequência lógica: quando percebem que suas necessidades estão sendo atendidas pelos pais, ficam mais confiantes e acabam gerando a independência deles mais cedo.

Os bebês indígenas, por exemplo, que são carregados sempre perto das mães, choram somente alguns minutos por dia, enquanto os bebês que ficam boa parte do tempo nos carrinhos, cadeirinhas e berços, choram por horas a fio.

Agora, um dos principais benefícios do sling: os movimentos dos pais ajudam o desenvolvimento físico do bebê.

Sling é ótimo remédio contra a cólica

Mulher carrega seu filho usando o sling: benefícios são inúmeros, inclusive evitam as cólicas do bebê.
Mulher carrega seu filho usando o sling: benefícios são inúmeros, inclusive evitam as cólicas do bebê

Conforme a mãe ou o pai que carrega a criança anda, levanta e abaixa, o bebê aprende a fazer movimentos de resistência e a responder com o seu corpo mesmo, exercitando os seus músculos e a sua coordenação.

Por último: os pais ao usarem o sling nem imaginam, mas ele é um excelente remédio para os bebês que sofrem de cólica ou refluxo (assunto que tratamos recentemente).

As famosas cólicas quase não ocorrem, já que a barriga do nenê fica bem quente, a maior parte do tempo colada na sua, e o refluxo deles diminui já que a criança pode ser carregada em posição vertical, favorecendo a digestão.

Os diferentes tipos de sling

Práticos e confortáveis, os carregadores de bebê fazem sucesso entre as mães modernas. Porém, você sabe quais são os diferentes tipos de sling?

O sling de argolas é ajustável, para deixar o bebê seguro e confortável. Ele deve ser usado, preferencialmente, na lateral do corpo de quem está carregando a criança.

Já o pouch sling agrada às mães por ser descomplicado, leve e fácil de usar. O tecido é maleável e o tamanho deve ser escolhido com atenção.

Enquanto isso, o wrap sling é um grande pedaço de tecido que se enrola ao corpo do cuidador. Por isso, seu nome “wrap”, em inglês, enrolar. 

“Preste atenção à temperatura! Como o bebê tem um metabolismo mais rápido, ele fica envolvido no tecido e ainda próximo ao seu corpo, o sling pode fazer com que ele sinta muito calor”, explica o pediatra Jorge Huberman.

“Se o seu filho estiver transpirando demais, tire-o dali. Outra dica: escolha um tecido de algodão”, recomenda o médico neonatologista.

O Dr Jorge Huberman com paciente em seu consultório: uso do sling merece atenção por causa do calor
O pediatra Jorge Huberman com a paciente Ana Laura em seu consultório: tome cuidado com o uso do sling para que a criança não fique muito quente

Para marcar uma consulta com o pediatra Jorge Huberman, ligue para: (11) 2384- 9701