Dr. Jorge Huberman

Dicas para aumentar a imunidade da família

Durante as estações do ano, ficamos sujeitos a diferentes temperaturas. Nosso corpo precisa estar preparado para se adaptar a elas e não ser bruscamente afetado. Para isso, devemos fazer de tudo para aumentar a imunidade da família.

O sistema imunológico é um conjunto de órgãos, células de defesa e tecidos especiais que protegem o nosso organismo de agentes infecciosos externos. Sendo assim, ter imunidade alta significa que a defesa do seu organismo está forte para combater bactérias e vírus, por exemplo, que poderiam causar doenças.

Porém, embora as chances sejam menores, ter um sistema imunológico forte não é sinônimo de estar imune a doenças. Pessoas saudáveis também ficam doentes, mas quando isso acontece, a recuperação é mais tranquila e rápida.

De modo geral, para aumentar a imunidade da família, é fundamental entender que a adoção de hábitos saudáveis é o primeiro requisito. Para isso, a idade não importa! De adultos a idosos, todos podem  e devem adotar hábitos saudáveis, claro que de acordo com as limitações de cada um. 

Isso inclui praticar exercícios e manter uma alimentação rica e balanceada, que proporciona os nutrientes e vitaminas necessários para combater microorganismos prejudiciais à saúde, tais como zinco e vitamina A.

De acordo com o pediatra e neonatologista Jorge Huberman, existem alguns cuidados diários para elevar a imunidade da família. “Em primeiro lugar, é importante que todos os integrantes da família busquem evitar exposição exagerada ao sol e mudanças bruscas de temperatura no dia a dia, como por exemplo, sair do calor da rua direto para ambientes com ar condicionado”, explica o médico.

O pediatra e neonatologista, Dr.Jorge Huberman, fala sobre a imunidade da família
O pediatra e neonatologista, Dr.Jorge Huberman, fala sobre a imunidade da família (Foto: Kesher Conteúdo/Divulgação)

Além disso, vale lembrar a importância de manter a carteirinha de vacinação em dia. Os anticorpos do nosso organismo só são criados quando estão em contato com o antígeno. Sendo assim, tal exposição é necessária para a criação de defesas contra novos agentes agressores.

Esses hábitos devem ser mantidos durante todo o ano. Porém, a mudança de estações abrange também a mudança de algumas atividades e alimentos da dieta. Fazer acompanhamento com nutricionistas e pediatras no caso das crianças é um bom modo de garantir o aumento da imunidade da família toda!

Veja algumas dicas para aumentar a imunidade da família durante as quatro estações do ano.

Aumentar a imunidade da família na primavera

A estação mais florida do ano (e que está chegando) exige alguns cuidados especiais. O desabrochar das flores enchem o ar de pólen que podem provocar alergias – reações exageradas e excessivas do sistema imunológico contra determinados alérgenos que entram em contato com o organismo, consequência de um desequilíbrio no sistema imunológico.

Durante a primavera, o nível de umidade do ar costuma ser baixo, o que cria condições propícias para a proliferação de bactérias, vírus e fungos, que ficam suspensos no ar. Por ser uma estação de transição, a variação de temperatura e o clima instável também são fatores que podem abalar a saúde de quem não tem imunidade alta.

A primavera tem uma grande variedade de frutas, legumes e verduras. A escolha certa de alimentos vai auxiliar a manter a alimentação saudável para essa época do ano, ajudando a aumentar a imunidade da família. Confira:

  • Frutas: kiwi, laranja lima e abacaxi são as frutas cítricas mais comuns durante a primavera. São ricas em vitamina C e antioxidantes. Frutas vermelhas, além de serem fontes de vitamina C, também são ricas em ácido elágico, que fortalece o sistema imunológico e ajuda a combater e prevenir viroses e infecções bacterianas.
  • Folhas escuras: Brócolis, couve e espinafre são alimentos ricos em ácido fólico, que auxilia na formação de glóbulos brancos, as células de defesa do organismo.
  • Ômega 3: azeites, peixes como salmão, atum e sardinha possuem efeito antioxidante e anti-inflamatório, ajudando a prevenir infecções e inflamações.
  • Betacaroteno: Alimentos ricos em betacaroteno, como batata doce, abóbora e cenoura agem como antioxidantes, combatendo radicais livres e fortalecendo o sistema imunológico.
  • Quercetina: A cebola, por exemplo, fonte de quercetina, previne infecções bacterianas e fúngicas. 
  • Leguminosas: feijões, lentilhas e grão-de-bico são ricos em zinco, mineral que ajuda na prevenção de doenças do trato respiratório, como gripes e resfriados.
  • Iogurte: Rico em lactobacilos, o iogurte atua na melhora da saúde intestinal e fortalece o sistema imunológico.

Cuidar da saúde no verão

Para manter o sistema imunológico forte no verão, além de ter uma boa alimentação, estar sempre hidratado é essencial. Os dias quentes exigem grande quantidade de água para estabilizar o corpo em relação à transpiração e melhorar a absorção de vitaminas. Beba, pelo menos, 2 litros de água por dia.

A baixa umidade pode dar maior sensação de cansaço e desânimo, mas essa é uma boa época do ano para praticar exercícios ao ar livre. A atividade física ajuda a promover boa circulação sanguínea, a produção das células imunológicas, além de reduzir a liberação de hormônios relacionados ao estresse.

Ter uma boa noite de sono é muito importante para aumentar a imunidade da família
Ter uma boa noite de sono é muito importante para aumentar a imunidade da família (Foto: Freepik)

A exposição adequada ao sol é muito importante para aumentar a imunidade da família, já que ele é fonte de vitamina D para o organismo. Vinte minutos por dia já é suficiente! Porém, fique atento aos horários. O ideal é receber o sol até às 10 horas da manhã e após às 16 horas.

Principalmente durante o verão, a alimentação deve ser leve e saudável. A ingestão de alimentos pesados e gordurosos pode prejudicar o organismo, já que exige maior gasto de energia para serem digeridos.

Um bom modo de aumentar a imunidade é realizar refeições balanceadas, com vitaminas, sais minerais, gorduras boas e muitas frutas cítricas. Coma alimentos ricos em proteínas, zinco e vitamina A, C e E. Morangos, laranjas, cerejas e amoras são frutas da época e ótimas para fortalecer o sistema imunológico.

Aumentar a imunidade da família no outono

Quando chega o outono, além das folhas, a temperatura começa a cair. O clima muda, e, nessas horas, ter uma imunidade forte é essencial para evitar doenças como gripes e resfriados, além do agravamento de rinite, asma e sinusite, por exemplo.

O aumento desse tipo de contaminação durante as estações mais frias do ano, se relaciona ao fato de que as transmissões por via oral se beneficiam da permanência das pessoas em aglomerações e em  ambientes fechados.

De acordo com pesquisa feita pela Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI),  diante da queda das temperaturas, é comum que as pessoas se aglomerem mais e mantenham janelas e portas fechadas, o que dificulta a ventilação e facilita a circulação dos vírus respiratórios.

Hábitos simples podem contribuir para a melhoria do sistema de defesa do nosso organismo e isso inclui alimentação e também um sono saudável. Dormir ao menos 8 horas por noite é muito importante para o bem-estar, já que o sono diminui o surgimento de substâncias imunodepressoras como o cortisol, o hormônio do estresse.

Seguir uma dieta balanceada e rica em vitaminas, fibras, proteínas e minerais é um dos segredos para aumentar a imunidade do organismo, principalmente durante o outono. Diminua o consumo de alimentos industrializados e aposte em fontes naturais.

Alimentos ricos em vitamina C, fontes de vitamina E, com Zinco, que está presente em castanhas e cereais integrais, e ômega 3, encontrado em peixes como sardinha, salmão e atum, ajudam no fortalecimento do sistema imunológico.

Temperos e especiarias também são grandes aliados para o fortalecimento da imunidade. A cúrcuma tem ação anti-inflamatória, antibacteriana e antioxidante, e o gengibre ajuda a eliminar bactérias nocivas ao organismo, por exemplo.

Dicas para ter uma boa saúde no inverno

No inverno, os cuidados com a imunidade devem ser redobrados! Em época de baixas temperaturas, o corpo fica mais suscetível a doenças respiratórias causadas por vírus e bactérias. Por isso, a família toda deve estar em alerta, já que muitas doenças são contagiosas.

Uma alimentação balanceada é essencial para o fortalecimento da imunidade da família
Uma alimentação balanceada é essencial para o fortalecimento da imunidade da família (Foto: Freepik)

Não se esqueça de que, para se ter um corpo saudável e com alta imunidade, é fundamental manter uma alimentação equilibrada e adequada. No inverno, existem alguns alimentos específicos que podem fazer toda a diferença:

●  Alho: planta comestível utilizada no combate a gripes, resfriados, dores e inflamações. Ajuda a eliminar as substâncias tóxicas do corpo, além de reduzir os riscos de algumas doenças. Você pode comê-lo cru ou preparar azeites e cremes com ele. Aposte nele como tempero base para os outros alimentos.

●  Carne vermelha: fonte de proteínas é um alimento rico em zinco e ferro, ótimos nutrientes para o fortalecimento da imunidade.

●  Gengibre: potente anti-inflamatório, tem propriedade antioxidante e antibacteriana. Pode ser usado em quase tudo, como sucos, chás e temperos de carne. Iogurte: fonte de probióticos, micro-organismos que ajudam a saúde intestinal, o que é fundamental para a imunidade, já que 80% das células do sistema imunológico ficam no intestino.

●  Mel: rico em probióticos, que servem como alimento para as células. Você pode usá-lo para adoçar sucos e vitaminas.

●  Tomate: fonte de um importante antioxidante chamado licopeno, que ajuda na proteção das células. Suas propriedades são melhor aproveitadas quando o tomate é aquecido.

Além da alimentação, tente adquirir vitamina D através da exposição ao sol. No inverno, tendemos a ficar mais tempo em lugares fechados por conta das baixas temperaturas, mas, caso o sol apareça, vale a pena ir para o lado de fora por pelo menos alguns minutos. Se sentir que precisa de ajuda para aumentar a imunidade da família, consulte seu pediatra de confiança.

Para marcar uma consulta com o pediatra e neonatologista Dr. Jorge Huberman, ligue para (11) 2384-9701

Blog Jorge Huberman