Dr. Jorge Huberman

  >  crianças   >  A saúde bucal das crianças
Bebê segura escova de dente: é muito importante cuidar da saúde bucal das crianças

A saúde bucal das crianças

Desde muito pequenos, os pais devem sempre estar atentos sobre a saúde bucal das crianças.

Ensinar nossos filhos a cuidar direito dos dentes é um investimento que só vai trazer benefícios para o resto da sua vida.

E o exemplo maior vem dos pais: são eles que têm que cuidar bem dos próprios dentes. Com isso, demonstram aos pequenos que a saúde bucal é importante.

E fazer esta ação pode ser divertida e interessante aos seus filhos: escovar os dentes junto com eles ou permitir que escolham sua própria escova só são incentivos para uma boa e adequada higiene bucal.

A saúde bucal das crianças merece todo cuidado por isso é essencial ajudá-los a proteger seus dentes e suas gengivas, reduzindo, assim, o risco de ter cáries.

Devem ser seguidos os seguintes hábitos.

Em primeiro lugar, é essencial escovar os dentes ao menos três vezes por dia com um creme dental que tenha flúor, para remover a placa bacteriana.

Do mesmo modo, é importante usar fio dental todo dia, para remover a placa que se aloja entre os dentes e abaixo da gengiva, evitando que ela endureça e se transforme em um cálculo dental.

Depois que esse cálculo se forma, somente o dentista consegue removê-lo.

O açúcar e o amido são muito amigos da placa que causam cáries. Por isso, o ideal é praticar uma alimentação equilibrada.

Aconselha-se também utilizar produtos com flúor, inclusive o creme dental. Assegure que a água que seus filhos tomam contém flúor. Se isso não ocorrer, o dentista ou pediatra da criança  pode recomendar suplementos diários de flúor.

Outra medida importante é visitar o dentista para realizar exames regulares.

Quais técnicas de escovação posso ensinar para uma boa saúde bucal das crianças?

Criança na cadeira do dentista: é importante os pais ajudarem os filhos na escovação
Criança na cadeira do dentista: é importante os pais ajudarem os filhos na escovação

Sempre repare no seu filho ao escovar os dentes. Ajude-o até que ele adquira os seguintes hábitos.

Utilize pequena quantidade de creme dental, com flúor. Não permita que os pequenos engulam a pasta de dente. A mesma deve ser eliminada.

É recomendável usar uma escova de cerdas macias. Escove, em primeiro lugar, a superfície interna de cada dente, onde o acúmulo de placa é normalmente maior.

Escove suavemente.

É importante escovar a superfície externa de cada dente. Posicione a escova em um ângulo de 45 graus, ao longo da gengiva.

Em seguida, escove fazendo movimentos para frente e para trás.

Antes de finalizar, escove a superfície de cada dente utilizada para mastigar. Depois, escove suavemente.

Utilize a ponta da escova para limpar atrás de cada dente frontal, tanto na arcada superior, como também na inferior.

A respeito do fio dental, seu uso é muito importante já que o mesmo remove as partículas dos alimentos e a placa bacteriana que fica entre os dentes (e que a escova sozinha não consegue retirar).

Por este motivo, comece a utilizar o fio dental quando a criança completar quatro anos de idade.

Aos oito anos de idade, as crianças já sabem utilizar o fio dental sem a ajuda de um adulto ou dos pais.

“É importante que os pais não esqueçam que, a partir de 1 ano de idade, deve-se escovar os dentes do bebê com uma escova própria e pasta de dente própria para nenês, que têm menos concentração de flúor”, afirma o pediatra Jorge Huberman.  

“Os outros cremes dentais têm mais flúor que pode deixar manchas brancas nos dentes do bebê, além de correr o risco de engolir esse flúor”, ressalta o neonatologista.

O pediatra Jorge Huberman e a bebê Julia: É importante que os pais não esqueçam que, a partir de 1 ano de idade, deve-se escovar os dentes do bebê com uma escova própria
O pediatra Jorge Huberman e a bebê Julia: é importante que os pais não esqueçam que, a partir de 1 ano de idade, deve-se escovar os dentes do bebê com uma escova própria

Flúor: como saber se o meu filho está recebendo a quantidade adequada?


Um dos melhores meios de enfrentar as cáries é o flúor. Trata-se de um mineral natural que casa bem com o esmalte dos dentes, fortalecendo-os.

Normalmente, as empresas de distribuição de água adicionam a quantia de flúor certa para o desenvolvimento dos nossos dentes.

Para saber se a sua água em casa tem flúor e qual é essa quantidade, fale com a empresa de distribuição de água no seu município.

Para que as crianças desenvolvam dentes resistentes, é preciso que elas tenham uma alimentação equilibrada. A mesma deve ter ampla variedade de vitaminas e sais minerais, cálcio, fósforo e níveis adequados de flúor.

Assim como o flúor é o maior protetor dos dentes do seu filho, as guloseimas são o seu pior inimigo.

Açúcar e amido, que fazem parte de diversos tipos de alimentos e de bolachas, biscoitos, doces, frutas secas, refrigerantes e batata frita combinam-se com a placa bacteriana, produzindo as temidas e indesejadas substâncias ácidas.

As mesmas atacam o esmalte e podem formar cáries.

Cada “ataque” pode ter duração de até 20 minutos, após o final da ingestão do alimento. Até as “beliscadas” podem criar ataques ácidos da placa.

Sendo assim, recomenda-se não comer entre as refeições.

Este é mais um cuidado especial para uma boa saúde bucal das crianças.

Para marcar uma consulta com o Dr.Jorge Huberman, ligue para (11) 2384-9701.